O caminho DOCE

O caminho DOCE,

Há um caminho doce e há um caminho amargo. 

O caminho doce parece dar trabalho a conseguir, passa nitidamente pelo amargo mas requer mais trabalho. Tal como o primeiro cacau que é recolhido da árvore em São Tomé: Amargo se nao for tratado, acarinhado, amado e entendido. Precisa de que entendam qual o caminho para se tornar doce e consequentemente uma das substâncias mais apreciado pelo homem. 

Estranha metáfora esta, para eu eu consiga forçar o caminho que escolhemos para a fundação da nossa associação. Stop! Não é nada disto. É muito mais do que isso…

Doces são os nomes pelos quais a maioria de nós trata os seus filhos, que nasceram com uma errada codificação genética e precisam amor para viver, Doce é o seu sorriso, de quem tinha projetos de vida e pretendia ser bombeiro, policia, bailarina, médica ou super-homem. Doces são as suas alegrias com que moldam a vida dos pais e os fazem ter força para continuar a vencer. Doce é a sua caminhada, que plena de dignidade e pureza nunca vacila na desistência da procura do futuro.  

Sentimo-nos realizados por um nome que nos completa e nos enche na plenitude. A sua escolha não poderia ser mais feliz, revela positividade, resistência, compaixão, amor, amor e amor. 

Sei que há arquitetas e engenheiras na criação desse nome. Sei que aquilo que as move é o maior amor que se poderá conhecer, aquele amor que nem um pai conhecerá… sim, esse amor endémico que nasce logo preso num cordão umbilical.

Um incrível amor DOCE….